Comissão de normalização do material de consumo clínico e equipamentos

A comissão de normalização de material de consumo clínico é um órgão consultivo responsável pela emissão de pareceres relativos à política de aquisição, manutenção e renovação de material e equipamentos.
A comissão é constituída no máximo, por seis membros: o vogal que detém o pelouro do serviço de aprovisionamento ou um elemento por si designado que preside, pelo director do serviço de aprovisionamento ou um técnico daquele serviço, dois médicos e dois enfermeiros.
A designação dos médicos e dos enfermeiros são da competência do director clínico e enfermeiro-director, respectivamente. A designação dos restantes membros é da competência do elemento do CA responsável pelo serviço de aprovisionamento.
Compete, nomeadamente, à comissão de normalização de consumos e equipamentos:
Emitir parecer acerca da introdução no Hospital de todo o material de consumo clínico e equipamentos;
Definir e propor uma política de normalização dos produtos consumidos;
Apoiar o serviço de aprovisionamento na elaboração de processos de aquisição, em particular no que concerne à identificação e tipologia de produtos;
Pronunciar-se sobre os processos de aquisição de equipamentos que impliquem a utilização de consumíveis a pedido do Serviço de Aprovisionamento;
Desenvolver, em colaboração com outras comissões dos HGSA, normas de utilização e procedimentos que sejam transversais na instituição e possibilitem uma utilização racional dos mesmos.