Comissão de transfusão

A comissão de transfusão é um órgão consultivo responsável pela avaliação da qualidade do acto transfusional e actualização dos procedimentos relativos a este acto, sendo constituída por médicos até ao limite de sete, por dois enfermeiros, e por 2 TDT nomeados pelo Conselho de Administração, sob proposta do director clínico e enfermeiro-director. E pela Técnica Coordenadora dos TDT, respectivamente.
Compete, nomeadamente, à comissão de transfusão e hemoderivados:
A actualização e monitorização constante das normas de utilização do sangue e suas fracções;
A organização de programas de hemovigilância;
A centralização da informação relativa a todos os erros relacionados com a terapêutica transfusional e implementação, se necessário, das medidas adequadas para a sua correcção.
A emissão de pareceres técnicos sobre a aquisição de componentes/fracções de sangue ou hemoderivados em geral.