Como marcar uma consulta

A marcação da primeira consulta de uma especialidade é feita na sequência de um pedido escrito do médico assistente ou de outro clínico (público ou privado).
Não são exigidos documentos de natureza burocrática, mas um relatório clínico esclarecedor,  a identificação e endereço completos do doente.

As informações poderão ser enviadas por correio, por via electrónica (disponível em alguns Centros de Saúde) ou entregues em mão num dos nossos balcões:
Recepção do Edifício da Rua D. Manuel II
Tel. 226050200, extensão 4101 e Fax. 2226050267
Recepção do Edifício Luís de Carvalho
T. 222077500, extensão 1691 e Fax 222077583

A carta será analisada pelo “Gestor clínico” da respectiva especialidade. Em casos devidamente justificados, a marcação poderá não ser ordenada (ver pormenores em “Actividades assistenciais”® “Serviços (A a H) ® “Consulta Externa”).

As consultas subsequentes serão marcadas pelo hospital.
Se sentir necessidade de antecipar a consulta, ou se pretende recuperar uma a que faltou, deverá contactar o médico ou secretariado. A via postal é a mais eficaz, se a situação não for emergente.

As consultas de “Pé Diabético” e “Paramiloidose” não necessitam de intermediação médica; poderá ser o próprio doente a pedir a marcação.
No extremo oposto, algumas consultas muito específicas apenas poderão ser pedidas por alguns médicos do próprio hospital (transplantação de órgãos ou pós-internamento em cuidados intensivos, por exemplo).